Mulheres livres: ninguém vai deter a nossa luta
Do Facebook da Deputada Professora Bebel
Grupos fascistas e machistas invadiram o ato solene contra o assédio sexual, que se realiza na noite desta terça-feira em espaço virtual da Assembleia Legislativa de São Paulo. O evento é promovido pela Procuradoria Especial da Mulher da ALESP, tendo a deputada Professora Bebel como procuradora e as deputadas Marcia Lia, Erica Malunguinho e Marina Helou como co-procuradoras, além da deputada Isa Penna como convidada especial.
A Procuradoria encaminhará às autoridades competentes a gravação do ato para que os agressores sejam identificados e processados.
As promotoras e participantes do ato não se intimidaram com os ataques fascistas e prosseguiram após a expulsão dos agressores.
Nada vai impedir a luta contra o machismo, a misoginia e o assédio sexual, pelos direitos de todas as mulheres.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *