8 de Março: a vida das mulheres importa
8 de Março: a vida das mulheres importa

Por deputado Teonilio Barba – Neste Dia Internacional das Mulheres em que nos aproximamos também de  completar um ano da pandemia do coronavírus no Brasil, não podemos deixar de pensar no impacto lamentável que a maior crise de saúde pública que o mundo já enfrentou está causando entre as mulheres.

Para começar, elas são a maioria dos afetados pelo desemprego. De acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), hoje o Brasil possui mais de 14 milhões de desempregados, sendo que 8,5 milhões são mulheres.

Além do desemprego, outras tristes realidades prejudicam as companheiras. Houve aumento nos casos de violência contra as mulheres, que muitas vezes se viram obrigadas a se manter em isolamento social ao lado de seus agressores. Segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, somente na primeira metade de 2020 foram registrados 649 casos de feminicídio no Brasil.

É evidente que a pandemia afeta as mulheres de forma mais intensa, uma triste contradição, já que sabemos que as mulheres são a grande maioria na linha de frente no combate ao vírus. São a maioria entre os profissionais da saúde e são também as principais cuidadoras dos mais vulneráveis como crianças e idosos, além de pessoas com comorbidades.

Nosso mandato sempre defendeu ativamente os direitos das mulheres. Neste momento tão triste para o Brasil e o mundo, queremos que a luta e a dedicação de todas elas sejam reconhecidas, respeitadas e garantidas, de forma a tornar o mundo um lugar melhor para todas as meninas e mulheres do Brasil e do mundo.

Devemos sempre nos lembrar que as flores são importantes, mas o que realmente importa são as vidas das mulheres.

Para as nossas mães, amigas, filhas, primas, tias, sobrinhas, colegas de trabalho, esposas, namoradas e companheiras o nosso mais sincero respeito e gratidão.

#DeputadoBarba
#8M
#DiaInternacionaldasMulheres
#AvidadasMulheresImporta

Ver menos

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *