PT Alesp


Notícias

07/08/2018

CENA POLÍTICA – TERÇA-FEIRA (7/8)

Crédito:
*SANEAMENTO E DESIGUALDADE SOCIAL*
A liderança do PT na Assembleia realizou nesta terça-feira o seminário O Papel do Saneamento na Redução das Desigualdades Sociais. Especialistas abordaram as formas de reprodução das desigualdades sociais e as políticas públicas voltadas ao fornecimento de água e a ampliação da coleta e tratamento de esgoto. O encontro reuniu especialistas com diversos enfoques sobre saneamento, urbanismo.
https://bit.ly/2KzYjVp

*CPI DAS OSS*
A CPI que investiga Organizações Sociais de Saúde ouviu nesta terça-feira o ex-secretário adjunto de Saúde do governo do Estado e ex-secretário municipal de Saúde da capital paulista, Wilson Pollara. O deputado *Carlos Neder* fez diversos questionamentos ao depoente sobre contratos firmados com as organizações sociais nos âmbitos estadual e municipal.
https://bit.ly/2njku8Y

*JORNADA DE TRABALHO DE ENFERMEIROS*
A líder da bancada do PT na Alesp, *Beth Sahão*, destacou a aprovação no Congresso de Comissões do projeto de lei que regulamenta a carga horária de trabalho de enfermeiros no Estado de SP. Agora, o projeto está pronto para ser debatido e votado no plenário. Beth lembrou também dos 12 anos da criação da Lei Maria da Penha, comemorado hoje, 7 de agosto.
https://bit.ly/2KD0w2h

*DENÚNCIAS DE FEMINICÍDIO*
No dia em que a Lei Maria da Penha completa 12 anos, feministas de esquerda realizaram ato para denunciar a situação de mulheres que sofrem violência em espaços de trabalho, lazer e em seus próprios lares. Um abraço solidário reuniu mulheres de diversas entidades no centro da capital, em frente ao prédio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. Houve também um encontro com a promotora Valéria Scarance, coordenadora do núcleo de gênero do MP-SP, para tratar das investigações sobre 8 casos de violência denunciados. Em junho, a deputada *Beth Sahão* reuniu-se com as mulheres presentes no encontro de hoje e a promotora para protocolar as denúncias que hoje foram alvo da cobrança das feministas.
http://bit.ly/MulheresNoMP

*LDO À DERIVA: RELATOR SUMIU*
Mais uma vez, a Comissão de Finanças e Orçamento não obteve quorum e não conseguiu abrir as três sessões convocadas para esta terça-feira. Desde 5 de julho, já somam 33 sessões canceladas. Com isso, a votação do relatório da LDO corre o risco de não acontecer, pois o prazo regimental para sua deliberação espira no próximo dia 14. Dessa forma, o projeto da LDO seguirá para deliberação do plenário na sua versão original, sem acolher as emendas apresentadas pelos parlamentares. Curiosamente, há semanas, o relator da LDO, deputado Edson Giriboni, não comparece às sessões convocadas. Sumiu.

*O QUE O POVO ACHA?*
Segundo o deputado *Ênio Tatto*, o presidente da Assembleia Legislativa, Cauê Macris, consultou as lideranças partidárias sobre a proposta de suspensão de todas as deliberações no Parlamento paulista até o dia 7 de outubro, data das eleições. “Na prática, Macris propõe que os deputados não trabalhem até as eleições. O presidente da Casa se esqueceu de levar em conta o que o povo de São Paulo acha disso”, criticou Tatto.

*DISPUTA ELEITORAL*
*Alencar Santana* criticou a decisão do presidente da Assembleia de priorizar a votação do PL 129/18, que autoriza o governo a prestar contragarantias em operações de crédito externo junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento e ao Banco Mundial para projetos de saneamento da Sabesp. O projeto é de interesse do ex-governador Geraldo Alckmin. “Mais um dia de disputas políticas pré-eleitorais que só prejudicam o povo.” O parlamentar também denunciou a vergonhosa gestão de Cauê Macris, que não coloca o PL 31/18, o PL dos Bois, e outros projetos importantes em pauta, por motivos estritamente eleitorais.
https://bit.ly/2OSIsEz


 Tags

 Versão de impressão Enviar para amigo