PT Alesp


Notícias

25/04/2018

FEIRA DO MST

Feira Nacional da Reforma Agrária em SP terá Martinho da Vila, Otto e Ilê Ayê

Crédito: pt.org
Reprodução: Brasil de fato

Além de mais de 200 toneladas de alimentos orgânicos e sem agrotóxicos produzidos em 23 estados do Brasil, feira terá extensa programação cultural. Confira

Evento terá 200 toneladas de alimentos orgânicos produzidos em 23 estados do Brasil, trazidos por cerca de 800 feirantes

O Parque da Água Branca, em São Paulo, recebe a terceira edição da Feira Nacional da Reforma Agrária, organizada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), entre 3 e 6 de maio, a partir das 10h.

O sambista Martinho da Vila, com 51 anos de carreira e autor de sucessos que marcaram a MPB, é uma das principais atrações desta edição. A feira terá também shows do cantor pernambucano Otto, um dos expoentes da geração manguebeat e ex-integrante da Nação Zumbi, e da cantora paulistana Ana Cañas, umas das compositoras e interpretes mais criativas e engajadas da música jovem contemporânea.

A feira da reforma agrária recebe também o Ilê Ayê, o primeiro bloco afro da Bahia, criado em 1974. A batucada ganha ainda mais força com o shows da bateria do Grêmio Recreativo Paraíso do Tuiti, escola de samba do grupo especial do Rio de Janeiro que chamou a atenção do mundo todo com um desfile crítico e politizado em 2018.

Orgânicos
Além de mais de 200 toneladas de alimentos orgânicos e sem agrotóxicos produzidos em 23 estados do Brasil, trazidos à capital paulista por cerca de 800 feirantes oriundos de cooperativas rurais e propriedades familiares, o evento contará ainda com intensa programação cultural de quinta-feira a domingo. A programação conta com grandes nomes da cultura brasileira e outras atrações estão em fase de confirmação.

"O camponês não produz só comida, ele também produz muita arte, muita poesia, e é uma arte também sem agrotóxicos, muito humana e humanizadora. A feira vai ser um espaço para conhecer e curtir a cultura brasileira", explica Luana Oliveira, do coletivo nacional de cultura do MST.

As atrações incluem desde cantadores e cantadoras do MST, que exibirão em São Paulo as vozes que embalam os acampamentos, assentamentos e fazendas do movimento agroecológico, a artistas famosos que apoiam a luta do MST por distribuição de terra e alimentação saudável, e até apresentação de música infantil para crianças de todas as idades.

Confira alguns dos destaques da programação ao longo dos quatro dias de evento:



Quinta-feira (3/05)

12h-15h : Artistas do MST
16h-17h: Cantadeiras do MST
17h-18h: Grupo Mistura Popular

Sexta-feira (4/05)

10h-11h: Trem de Cordas
11h-12h: Karina França
12h-13h: Repentistas
13h-14h: Slam
17h-18h: Siba
18h30: Tião Carvalho e O Boi do Morro do Querosene

Sábado (5/05)

13h-14h: Catira
13h-14h: Dança de São Gonçalo (atividade de chão)
14h-15h: Jongo (atividade de chão)
16h30: Ana Cañas
17h30: Otto
18h30-20h: Ilê Aiyê

Domingo (6/05)

10h-11h: Fera Neném (show infantil)
11h-12h: Semente Crioula
12h-13h: Cida e Edinho
13h-14h: Caravana Solidão
14h-15h: Som do Zíndio
14h-15h: Folia de Reis (atividade de chão)
17h30: Bateria da Tuiuti
18h45: Martinho da Vila


 Tags

 Versão de impressão Enviar para amigo