PT Alesp


Notícias

21/12/2017

FALTA TRANSPARÊNCIA

PT não dará descanso para as contas mal explicadas de Alckmin

Crédito:
Petistas ainda fazem um forte embate contra as contas de Alckmin nesta quinta (21).

O deputado petista José Américo é o relator da Comissão de Fiscalização na Alesp e protocolou hoje um parecer sobre as contas do governador Geraldo Alckmin, que, após muito embate e resistência da Bancada Petista, acabou sendo aprovada na noite desta quarta (20), em sessão plenária na Assembleia Legislativa.

O documento é bastante detalhado e destaca observações realizadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), entre as quais o fato de que não há transparência sobre 13 bilhões de incentivos fiscais que foram dados para diversas empresas. Além disso, não se sabe nem mesmo quais empresas foram beneficiadas.

O parlamentar avalia que no geral as contas do governador não refletem a realidade do que acontece no Estado.

Um exemplo disto é o que temos visto recentemente. Acordos de leniência feitos pelas construtoras Odebrecht e a Camargo Correa denunciam que obras em São Paulo foram superfaturadas supostamente pelo que está conhecido como cartel das empreiteiras.

Com situações como esta sendo publicizadas diariamente pela mídia, não dá para confiar nas contas do Governo do Estado sem questioná-las, principalmente quando o assunto é Metrô, Rodoanel e outras obras viárias de longo curso.

Segundo José Américo, o superfaturamento em obras é de aproximadamente 30%. O deputado lembra ainda que caso existam dúvidas sobre esta informação basta que se procure na internet a delação da Camargo Correa, onde o nome do Sr. Paulo Preto, executivo de governo de Alckmin, é citado como o organizador do cartel.

"Em 2018 temos que discutir mais, fazer audiências públicas e trazer executivos envolvidos, por exemplo, com o Rodoanel."
finaliza Américo.



 Tags

 Versão de impressão Enviar para amigo