PT Alesp


Notícias

07/11/2017

BANCOS PÚBLICOS

Marcos Martins e sindicatos em defesa dos Bancos Públicos

Crédito:
O governo golpista, depois de colocar em esteira destruidora direitos dos trabalhadores, condições dignas de trabalho e de rifar patrimônio público, bota na lista agora os bancos públicos. Resistentes, sindicatos vão à Alesp, ao lado do deputado Marcos Martins, a favor do patrimônio público.

"É importante que a população se interesse por essa luta, que é de todos. Defender os bancos públicos significa defender interesses públicos e a nossa soberania, que é o poder de definir nosso caminho, nosso rumo", disse o deputado estadual Marcos Martins, realizador da agenda ao lado do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região.

O evento, que integra uma campanha nacional liderada pelos bancários, faz defesa da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e bancos públicos em geral e debate sua importância para o desenvolvimento e investimento para sociedade brasileira, refletindo sobre as ameaças de privatização.

Para Antonio Cordeiro, da Intersindical, o ato significa um momento importante da história da Caixa Econômica e seus trabalhadores, já que há uma ameaça real de privatização dos bancos públicos do país.

“As bolas da vez neste fim de ano, em que os golpistas vão centrar no ataque, são os servidores públicos e o processo radical de privatização de empresas públicas, entre elas o banco do Brasil e a Caixa. Por isso essa mobilização do movimento sindical e popular a nível nacional. É um ponto de resistência contra o golpe e contra retirada de direitos”.
O líder da bancada do PT, deputado Alencar Santana Braga, lamenta estarmos vivendo “um momento em que até o presidente do TST tem coragem de dizer que tem que retirar direito para resolver problema do emprego”.

Sobre a privatização dos bancos públicos, Alencar diz que é necessário mostrar para população a perda que ela pode ter com a privatização dos bancos. E relembrou: “Em alguns momentos adversos da economia, foram os bancos públicos que puderam ajudar nosso país como um todo. Esse debate e essa resistência tem que ser feitos”, ressaltou.


 Tags

 Versão de impressão Enviar para amigo