PT Alesp


Notícias

01/11/2017

PSDB DE SÃO BERNARDO

Pedido de prisão por corrupção e organização criminosa atinge tucanos

Crédito:
Integrantes do governo do PSDB de São Bernardo do Campo acusados de organização criminosa e esquema de corrupção foram acusados pelo MP e Gaeco na terça-feira (31). Esquema de corrupção funcionaria desde que o prefeito tucano Orlando Morando assumiu a prefeitura.

A operação Barbatana realizou mandado de busca e apreensão na Secretaria de Gestão Ambiental da Prefeitura e na residência do secretário tucano, o vereador licenciado Mario Henrique de Abreu (PSDB). O tucano é acusado de receber propina.

A Operação Barbatanas contou com cumprimento de dez mandados de busca e apreensão. O diretor do Departamento de Licenciamento e Avaliação Ambiental, Sergio de Sousa Lima, e o chefe de seção de Fiscalização Ambiental, Tiago Alvez Martinez, também foram alvos da operação e são acusados dos crimes de organização criminosa, corrupção passiva e concussão.
Existem rumores indicando a existência de negociações envolvendo liberações licenças ambientais, porém, tais especulações não são confirmadas oficialmente até o momento, uma vez que investigações estão em segredo de Justiça.

A 12ª Promotoria de Justiça de São Bernardo informou que houve o pedido de prisão preventiva de todos os envolvidos, mas a solitação foi indeferida e o Gaeco já recorreu.
Ao todo, foram apreendidos 19 computadores, oito telefones celulares e pen drives, além de documentos.
A suspeita é de que esquema de corrupção funcione desde o início do governo tucano do prefeito Orlando Morando. Em nota, o prefeito de São Bernardo disse estar surpreso com a denúncia e anunciou a exoneração do secretário e dos assessores.


 Tags

 Versão de impressão Enviar para amigo