PT Alesp


Notícias

02/10/2017

Tatto e Barba falam sobre o orçamento estadual com moradores do Guarujá e da Baixada

Crédito:
Na Baixada Santista, a falta de investimentos do Estado em infraestrutura e em serviços básicos comprometem gravemente a qualidade de vida da população. Na audiência pública realizada na Câmara Municipal de Guarujá para discutir o orçamento estadual de 2108, vereadores e moradores da região apontaram as principais necessidades locais.

Os deputados Enio Tatto e Barba representaram o time do PT na audiência, ao lado do presidente Câmara Municipal, Edilson Dias, vereador do partido. Da bancada governista, nenhum deputado estadual da região deu o ar da graça. Cadê os deputados da Baixada?, perguntaram alguns participantes.

Os principais pontos destacados pelos oradores foram: escolas deterioradas, baixa oferta de ensino técnico, hospital fechado, falta de médicos, serviço de travessia de balsa deficiente e ausência de ligação seca entre Santos e Guarujá e falta de saneamento básico.

Na educação, os moradores de Guarujá destacaram os estabelecimentos de ensino sucateados, a violência escolar e salas de aula sem ventilação, entre outros. O professor Carlos Riesco, da APEOESP, falou sobre a situação dos docentes do Estado de São Paulo, sem reajustes desde 2014. “Estamos à beira de uma greve’’, disse.

Na área da saúde foram mencionados o fechamento do Hospital de Cubatão e a falta de leitos de UTI na região. Moradores do Guarujá também se queixaram da falta de médicos e de materiais nas unidades de saúde e de pronto atendimento. Um dos moradores descreveu a situação calamitosa do IML, onde existe apenas um médico legista em atividade. “Aconselho que a pessoas só morram quando este único médico estiver trabalhando”, ironizou.

Muitas comunidades da baixada não têm fornecimento de água tratada e acesso a saneamento básico, segundo relato de moradores. Também urgente são as operações de dragagem de rios assoreados, para prevenir e minimizar as enchentes no período de chuvas.

Outros pedidos foram feitos durante o encontro: mais verbas para a cultura; emenda parlamentar para criação de circo-escola em Cubatão; investimentos em esporte e policiamento de praia. Representante da OAB pediu também a instalação de vara especializada em mulheres vítimas de violência, delegacia das mulheres com funcionamento 24 horas e com estrutura para operar.



 Tags

 Versão de impressão Enviar para amigo

Leia mais