PT Alesp


Notícias

11/08/2017

População da região de Limeira acusa o abandono e sucateamento de escolas estaduais

Crédito: liderança do PT
vereadores, sindicalistas e lideranças comunitárias participam do debate
Conhecida como cidade das joias e bijuterias, Limeira recebeu, nesta sexta-feira (11/8), a Comissão de Finanças e Orçamento da Assembleia Legislativa para recolher as demandas da população das 23 cidades que integram a região administrativa.
O abandono da educação por parte do governo Alckmin e o sucateamento das escolas estaduais predominaram entre as denúncias e cobranças dos vereadores, sindicalistas e lideranças comunitárias apresentadas no debate.
Fabio Moraes, professor de história e vice- presidente da Apeoesp, denunciou o estado de calamidade da escola Estadual Castelo Branco. "Chove dentro da sala de aula e os vidros estão quebrados. O Estado precisa cuidar com carinho de nossos estudantes. A merenda é enlatada. A comida continua péssima qualidade."
O pedido de reparos e manutenção de estradas, construção de passarelas, mais recursos e funcionários para a Defensoria Pública figuraram no roteiro de reivindicações.
Na área do transporte, a população da região tem a expectativa de que o Estado ative uma linha trens de passageiros entre as cidades de Americana e Limeira.
A instalação de equipamento de saúde da Rede Lucy Montoro, que oferece atendimento de reabilitação, e abertura de delegacias voltadas para atendimento das mulheres também fizeram parte do rol de reivindicações da região. Esta foi a terceira audiência do ciclo de 25 programadas para aconteceram nas 16 regiões administrativas do Estado.


 Tags

 Versão de impressão Enviar para amigo