PT Alesp


Notícias

16/02/2017

REFORMA DO ENSINO MÉDIO

Governo golpista aprova reforma que estudantes lutaram tanto para não ocorrer

Crédito: Secundaristas em Luta de São Paulo
Contrariando vozes de estudantes e professores, Reforma do Ensino Médio é sancionada
Para Bebel, presidente da APEOESP, dizer que alunos poderão escolher matérias a cursar é um engodo.

Dia de tensão para estudantes e para a Educação do país. Hoje (16/02), Temer sancionou a reforma do ensino médio, passando por cima dos protestos dos estudantes que já mostraram que a medida os prejudica em diversos pontos, ao contrário do que promete.

Maria Izabel, a Bebel, presidente da APEOESP (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) critica a reforma em entrevista concedida ao jornalista Heródoto Barbeiro: "Esta reforma não representa uma mudança que vai na perspectiva da qualidade de ensino".

Em outro momento de crítica, Bebel explica que no primeiro ano o aluno tem todas disciplinas, mas já no segundo ano as matérias são “optativas”. Optativas para o estudante? A resposta é não. Ela esclarece: “O segundo ano passa a ser optativo. Não é optativo no sentido de que o aluno vá escolher. Os sistemas de ensino (vão escolher). Quem representa o sistema de ensino nos estados? As secretarias estaduais de Educação. É um engodo dizer que os alunos vão escolher”.

Grande ato público da APEOESP

Na próxima sexta-feira (17/02), a APEOESP convida todos a realizar um grande ato público na Praça da república, em frente à SEE, ás 11h.

Pautas que serão discutidas:

- Contra o fechamento de classes;
- Pela reabertura das classes e turnos fechados;
- Por uma atribuição justa para todos/as os professores/as;
- Revogação da resolução 72/2016;
- Contra a reforma da previdência;
- Reajuste salarial já!



 Tags

 Versão de impressão Enviar para amigo