PT Alesp


Notícias

21/11/2017

Petistas pedem adiamento da votação das contas de Alckmin de 2016

Crédito:
As contas do governo do Estado de 2016 têm uma série de problemas, mas a base governista quer aprová-las mesmo assim. E de forma acelerada. Os deputados Enio Tatto e Barba solicitaram, na reunião da Comissão de Finanças e Orçamento desta terça-feira, 21/11, o adiamento por duas semanas da votação do parecer do relator Orlando Bolçone (PSB) que as considera regulares.

A razão do pedido dos petistas é a quantidade de irregularidades e de ressalvas apontadas pelo Tribunal de Contas do Estado, solenemente desconsideradas no relatório de Bolçone.

Os deputados governistas não aceitaram o adiamento. E, para impedir que o parecer fosse aprovado às pressas, o último recurso da oposição foi fazer mais um pedido de vistas do relatório, a fim de que se possa apreciar com mais cuidado os números apresentados pelo governador Geraldo Alckmin.

Enio Tatto questionou os parlamentares governistas: “Qual é a nossa responsabilidade na Assembleia Legislativa? Como podemos aprovar contas com erros que se repetem ano a ano. Vamos passar por cima de tudo isso? Os senhores querem que fechemos os olhos para tantas irregularidades? E pronto, está tudo bem?”



 Tags

 Versão de impressão Enviar para amigo

Leia mais