PT Alesp


Notícias

10/08/2017

CPI DO CARTEL DA CITRICULTURA

Zico Prado vai a Brasília em busca de mais informações contra cartel da citricultura

Crédito:
Chama-se cartel da citricultura a junção, ilegal e criminosa, de grandes industriais produtores de laranja que se unem para literalmente acabar com os agricultores que contam com menos condições, menos dinheiro ou equipamentos para plantar – no caso, plantar laranja.

Ontem (9), o deputado José Zico Prado, representando o time de parlamentares petistas na Assembleia de SP, junto de outros membros que compõem a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Cartel da Citricultura em curso na Alesp, esteve no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), em Brasília, em busca de documentos com informações sobre a cartelização no Estado de São Paulo.

Objetivo é garantir que a CPI tenha acesso aos dados do processo que resultou no acordo feito pelo órgão com indústrias que declaradamente assumiram a prática de cartelização. Alegando sigilo judicial, os documentos não foram remetidos à CPI, que encerra seus trabalhos no próximo dia 18 de agosto.

Segundo Zico Prado, que acompanhou as reuniões da CPI e teve acesso a documentos, a prática da cartelização na citricultura existe no Estado há mais de 40 anos.

O deputado lembra que a Assembleia Legislativa de SP tem responsabilidade de investigar essa prática ilegal e lamenta que a CPI tenha se iniciado com 60 dias de atraso – isso por conta da base de deputados aliada de Alckmin, que em diversos momentos fez emperrar as investigações por meio de uma prática corriqueira entre PSDB e cia., que é a de esvaziar as reuniões de CPIs que não os interessam.



 Tags

 Versão de impressão Enviar para amigo

Leia mais